Sobre a Lumiar

Formamos estudantes autônomos/as, capazes de colaborar de forma ativa em uma sociedade democrática.

Como educar um coletivo respeitando a individualidade? Como articular informação e conhecimento como algo útil para o agora e relevante para o amanhã? Como conciliar o que crianças e jovens desejam aprender com o que adultos julgam que é preciso aprender? Há muito tempo sabemos que apenas decorando fórmulas, equações e datas não respondemos a nenhuma dessas questões, mas o como fazer diferente sempre dificultou a transformação real das ações pedagógicas.

A Metodologia Lumiar foi criada em 2002 por um grupo de educadores/as de vanguarda, que a desenvolveram como uma iniciativa para transformar a educação no mundo. A primeira escola nasceu na cidade de São Paulo, e hoje o método está presente em diversas escolas, públicas e privadas, no Brasil, Inglaterra, Nigéria, Índia, entre outros.

Desde então a Lumiar vem, de maneira disruptiva, mudando preceitos antes tidos como imprescindíveis em uma escola, como notas, classes definidas por faixas etárias, relacionamento hierárquico entre professor/a e aluno/a, currículo engessado, aulas organizadas por disciplinas, entre outros.

Nossas práticas pedagógicas colaboram para o desenvolvimento integral de cada indivíduo envolvido no processo de aprendizagem.

A Metodologia Lumiar apresenta uma nova forma de fazer educação, estruturada em seis pilares: Aprendizagem Ativa, Avaliação Integrada, Currículo em Mosaico, Gestão Participativa, Multietariedade e Tutor/a e Mestre.

Na prática, isso se traduz em conduzir a rotina e as relações com outro olhar. O papel do/a professor/a se divide em dois, e tutores/as e mestres atuam juntos, estimulando a diversidade de ideias e pensamentos; o conhecimento é construído coletivamente – projetos e outras práticas são elaboradas em conjunto por estudantes, tutores/as e mestres, incentivando a gestão participativa do conhecimento, a construção de autonomia e de responsabilidade; temas comuns a toda escola são discutidas em Roda, colaborando para a criação de um ambiente de respeito, empatia e pertencimento; o currículo é visto como a junção dos saberes e dos fazeres: é vivo, não linear e flexível, possibilitando diferentes formas de se relacionar com a aprendizagem; por fim, a avaliação é formativa e leva em consideração diferentes linguagens e expressões para analisar o desenvolvimento dos/as estudantes, tendo também a autoavaliação como aliada.

A articulação de todas essas peças é realizada pela plataforma exclusiva desenvolvida pela Lumiar, o Mosaico Digital. Ela atua como uma ferramenta de gestão do conhecimento e aprendizagem, com a qual gestores/as, educadores/as, estudantes e famílias, podem acompanhar, registrar e avaliar os processos que organizam e mobilizam a vida escolar.

Metodologia

Saiba mais sobre a metodologia Lumiar.

Saiba mais

Mosaico Digital

Conheça o Mosaico Digital, a plataforma que dá corpo à metodologia Lumiar

Saiba mais